Cervejas: Avaliações e Dicas

Blog com espaço para que o apreciador veja avaliações e compartilhe suas opiniões sobre diversos estilos de cerveja.

Gageleer CVBA – Gageleer

leave a comment »

Gageleer CVBA - GageleerPaís: Bélgica.
Tipo: Pale Ale (Belgian Strong Pale Ale).
Teor alcoólico: 7,5%
Cor: Amarelo dourado e turvo.
Sabor: É macia e intensa, com amargor sutil, combinado com gosto adocicado, maltado e frutado. Notas herbáceas diferenciadas, lembrando um pouco a erva-doce. Apresenta uma leve presença do álcool e um toque de especiarias. Aroma adocicado, perfumado e herbal; com espuma generosa, densa e duradoura.
Malte: Cevada, Myrica Gale e açúcar.
Avaliação: 7
Preço: R$ 9,50
Volume: 330 ml

Descrição comercial:
A Gageleer é uma cerveja puro malte da região belga de Campine (Kempen). Ela tira a seu aroma característico da Myrica Gale (bog myrtle), um pequeno arbusto nativo nas reservas naturais de Campine. Esta erva, também conhecida como vendaval doce, era uma das principais ervas aromáticas utilizadas no gruit medieval cervejeiro. Gageleer é a primeira cerveja moderna que volta usar novamente a Gale. A Gageleer é comercializada por uma cooperativa de mesmo nome, com todos os lucros indo para a preservação da natureza.

Antiquíssimo Gruit Cervejeiro: Gageleer é a primeira cerveja belga moderna que traça rota com retorno às raízes dos históricos gruit cervejeiros ou “cervejas herbais”. Durante a Idade Média, a cerveja era mais saudável do que água – a água utilizada para fabricação de cerveja tinha que ser fervida – e era temperada com uma mistura de ervas encontradas na área, chamada gruit ou gruyt. O ingrediente principal desta mistura sempre foi a bog myrtle (Holandês: Gagel), que dava a cerveja tanto o seu amargor, como uma vida útil mais longa.

Hoje, pouco se sabe sobre o uso de gruit. Foi sem dúvida um bem importante e, consequentemente, gerador de tributos. A conhecida família Gruuthuse de Bruges deve sua fortuna a ele.

Foi na Alemanha que o gruit enfrentou a primeira competição do lúpulo. Originalmente usado como ervas medicinais, o lúpulo também lentamente ganhou popularidade entre os fabricantes de cerveja. A bávara Reinheitsgebot (lei de pureza) de 1516, que decretou que a cerveja era para ser fabricada apenas a partir de água, cevada e lúpulo, foi o último prego no caixão para as cervejas de gruit – até o advento da Gageleer.

Temperatura de serviço: 4 – 6 °C. A Gageleer é produzida na “Proef Brewery”, em Lochristi, próximo a Ghent, Bégica, a pedido da Gageleer Cvba-SO.

Endereço na internet: http://www.gageleer.be

Anúncios

Written by M. Nogueira

12/02/2016 às 21:43

Publicado em Bélgica, Pale Ale

Tagged with

Comente este post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s