Cervejas: Avaliações e Dicas

Blog com espaço para que o apreciador veja avaliações e compartilhe suas opiniões a respeito de diversos tipos de cerveja.

Berliner Kindl Weisse – Himbeere (Framboesa)

leave a comment »

Berliner Kindl Weisse - Himbeere FramboesaPaís: Alemanha.
Tipo: Wheat Beer (Berliner Weissbier).
Teor alcoólico: 3%
Cor: Rosa claro e turvo.
Sabor: É bem ácida e um pouco adstringente, refrescante e adocicada, com notas de framboesa, pelo uso do xarope de framboesa. O resultado é um sabor exótico, que lembra uma Kriek belga e vinho espumante. Boa formação de espuma, cremosa e persistente; com aroma de framboesa.
Malte: Cevada, trigo e xarope de framboesa.
Avaliação: 7
Preço: R$ 15,90
Volume: 330 ml

Descrição comercial:
O estilo Berliner Weisse é típico da cidade de Berlim e nasce a partir de uma formulação muito antiga (medieval) de cervejarias com baixa tecnologia de malteação. Nesta tradição, é usado o que lá na Alemanha chamam de “malte pobre”, ou seja, um malte de trigo, pobre em açúcares e rico em amido, justo para favorecer a ação de bactérias láticas, responsáveis pela acidez e aromas exóticos.

É normalmente consumida com licores e xaropes de frutas e ervas, justo para atenuar um pouco a acidez. Esta Berliner já conta com a mistura do xarope de framboesa que é responsável pelo adocicado, cor rosada e sabores exóticos.

Endereço na internet: http://berliner-kindl-weisse.de

Written by M. Nogueira

29/07/2015 at 15:08

Publicado em Alemanha, Wheat Beer

Tagged with

Moritz – Epidor

leave a comment »

Moritz - EpidorPaís: Espanha.
Tipo: Amber Lager (Euro Strong Lager).
Teor alcoólico: 7,2%
Cor: Âmbar límpido.
Sabor: É caramelada e forte, com amargor moderado e residual ao fundo, lembrando madeira e malte torrado. O álcool se destaca intensificando o sabor e aquecendo a boca. Notas que remetem um pouco à rapadura escura. Espuma ampla, cremosa e duradoura; com aroma caramelo.
Malte: Cevada.
Avaliação: 8
Preço: R$ n/d.
Volume: 330 ml

Descrição comercial:
Talvez você esteja mais para Batman do que para Superman? Ou talvez você seja alguém que realmente pensa que as pessoas de boa aparência são estranhas? Se você respondeu “sim”, então você é um provável bebedor Epidor. A alternativa. A cerveja forte, encorpada e torrada com uma personalidade que é tudo Moritz.

Muitos dos melhores paladares no país são bebedores de Epidor. Os especialistas dizem que é a qualidade, cerveja gastronômica, perfeita para combinar com pratos saborosos, queijo e linguiças curadas. Moritz Epidor tem um teor alcoólico de 7,2% e uma vez que não teria nenhuma outra maneira, ela contém um ingrediente secreto para dar-lhe essa cor única e corpo médio… Você não vai contar a ninguém, não é?

Malte Caramelo. Adicione um pouco de água de Montseny, algumas flores de lúpulos aromáticas e um processo de fermentação de longo prazo e voilà: a maliciosa cerveja de Moritz! Há, mas não estamos tendo todo o crédito: a fórmula original remonta a 28 de julho de 1923.

Temperatura de serviço: 8 – 12 °C.

Endereço na internet: http://moritz.cat

Written by M. Nogueira

29/07/2015 at 14:17

Publicado em Amber Lager, Espanha

Tagged with

Burgman – Nativas IPA Uvaia

leave a comment »

Burgman - Nativas IPA UvaiaPaís: Brasil.
Tipo: Pale Ale (India Pale Ale – IPA).
Teor alcoólico: 6%
Cor: Amarelo dourado.
Sabor: É cítrica e refrescante, com amargor intenso e prolongado ao longo da degustação. A acidez combinada com o gosto frutado e herbáceo do lúpulo resulta numa cerveja intensa e interessante. A utilização da Uvaia deu uma potência extra e densidade a esta IPA. Agradável aroma herbáceo, floral e cítrico; com espuma curta e residual no copo.
Malte: Cevada e polpa de uvaia.
Avaliação: 9
Preço: R$ 14,90
Volume: 355 ml

Descrição comercial:
Nativas IPA Uvaia. Rica em vitamina C, e de polpa delicada, a ‘iwa’ya’ (fruta azeda, em tupi) é muito saborosa e possui acidez marcante. A Nativas IPA Uvaia une essas características aos lúpulos americanos cítricos e potentes, criando uma cerveja refrescante e aromática, com amargor pronunciado.

Cerveja Acobreada / Amargor Assertivo. Harmonização: Queijos azuis, costelinhas e ceviche. IBU: 60.

Para produzir a Linha Nativas a Cervejaria Burgman buscou parceria com os químicos e agricultores Douglas e Cintia Bello, que desde 1999 se dedicam ao “Sítio do Bello”, projeto eco-sustentável localizado no Vale do Paraíba, interior de São Paulo. No local são servidas refeições e vendidos doces, geleias, biscoitos e sucos com as frutas in natura.

Além de preservar a flora com o cultivo e recuperação do solo degradado, o projeto tem incentivado vizinhos no entorno e região a fazerem o mesmo e já se pode ver os resultados. Algumas espécies emblemáticas como o tucano de bico amarelo ou o canário da terra voltaram a ser notadas na região, principalmente durante a primavera e o verão. Também a fauna terrestre dá sinais de aumento de população.

A Cervejaria Burgman foi inaugurada em 2010, na cidade de Sorocaba (SP) e hoje já é uma das empresas do ramo que mais crescem no país produzindo em torno de 100 mil litros/mês, seus produtos podem ser encontrados em diversas cidades brasileiras.

Endereço na internet: http://www.cervejariaburgman.com.br

Written by M. Nogueira

17/07/2015 at 23:04

Publicado em Brasil, Pale Ale

Tagged with

Burgman – Nativas Red Ale Mangaba

leave a comment »

Burgman - Nativas Red Ale MangabaPaís: Brasil.
Tipo: Amber Ale (American Amber / Red Ale).
Teor alcoólico: 5,5%
Cor: Cobre claro e límpido.
Sabor: É refrescante e leve, com breve amargor e frutada. Apresenta notas do gosto diferenciado da mangaba, lembrando um pouco um morango azedo, conjugado com uma acidez e caramelo ao final. Aroma caramelado e cítrico; espuma efervescente, de média formação e curta duração.
Malte: Cevada e polpa de mangaba.
Avaliação: 7
Preço: R$ 12,90
Volume: 355 ml

Descrição comercial:
A fruta da mangabeira possui cor amarela esverdeada, com pigmentos vermelhos. Sendo encontrada desde o Norte até o Sudeste do Brasil, foi assim nomeada pelos indígenas significando ‘coisa boa de comer’. Nesta Nativas Red Ale Mangaba unimos o aroma intenso e o sabor adocicado da fruta à nossa receita, rica em notas de malte caramelo e amargor suave.

Cerveja Acobreada / Amargor Suave. Harmonização: Carne assada, frango grelhado, queijo parmesão e cheesecake de frutas vermelhas. IBU: 30

Para produzir a Linha Nativas a Cervejaria Burgman buscou parceria com os químicos e agricultores Douglas e Cintia Bello, que desde 1999 se dedicam ao “Sítio do Bello”, projeto eco-sustentável localizado no Vale do Paraíba, interior de São Paulo. No local são servidas refeições e vendidos doces, geleias, biscoitos e sucos com as frutas in natura.

Além de preservar a flora com o cultivo e recuperação do solo degradado, o projeto tem incentivado vizinhos no entorno e região a fazerem o mesmo e já se pode ver os resultados. Algumas espécies emblemáticas como o tucano de bico amarelo ou o canário da terra voltaram a ser notadas na região, principalmente durante a primavera e o verão. Também a fauna terrestre dá sinais de aumento de população.

A Cervejaria Burgman foi inaugurada em 2010, na cidade de Sorocaba (SP) e hoje já é uma das empresas do ramo que mais crescem no país produzindo em torno de 100 mil litros/mês, seus produtos podem ser encontrados em diversas cidades brasileiras.

Endereço na internet: http://www.cervejariaburgman.com.br

Written by M. Nogueira

17/07/2015 at 22:57

Publicado em Amber Ale, Brasil

Tagged with

Glutenberg – American Pale Ale (Gluten Free)

leave a comment »

Glutenberg - American Pale AlePaís: Canadá.
Tipo: Pale Ale (American Pale Ale).
Teor alcoólico: 5,5%
Cor: Amarelo dourado.
Sabor: É refrescante e cítrica, com amargor destacado e duradouro. Caramelada, com notas herbáceas e algo amadeirada, que dão intensidade e corpo à cerveja. Neste caso, a ausência de cevada não fez falta ao sabor. Intenso aroma frutado, caramelado e herbáceo; com espuma densa, de média formação e duração.
Malte: Painço (milhete), trigo sarraceno, milho, xarope candy, açúcar demerara e quinoa.
Avaliação: 8
Preço: R$ 18,90
Volume: 473 ml

Descrição comercial:
Provavelmente é a primeira cerveja sem glúten no mundo que apresenta uma característica tão lupulada, nossa American Pale Ale é o verdadeiro carro-chefe das cervejas Glutenberg. Suas notas cítricas e de caramelo, juntamente com um acabamento leve e amargo, se unem em perfeita harmonia.

Aroma: damasco, uva e framboesas. Sabor: laranja cristalizada e caramelo. IBU: 50. Temperatura de consumo: 10 a 12 °C.

A BSG (Brasseurs Sans Gluten) foi fundada com a colaboração entre amigos de longa data, Julien Niquet e David Cayer. Julien, um empreendedor nato, sempre quis ter sua própria empresa. Se não fosse por sua intolerância ao glúten, é improvável que a BSG teria sido lançada. David, por outro lado, nunca sonhou em ser um empreendedor, até que ele entrou em cena!

A ideia de produção de cerveja sem glúten foi discutida pela primeira vez no início do inverno de 2011. Graças ao apoio de amigos e parentes, eles foram capazes de levantar os fundos necessários para comprar o equipamento e recrutar o mestre cervejeiro certo, Gabriel Charbonneau, que viu seu anúncio no Facebook.

Endereço na internet: www.glutenberg.ca

Written by M. Nogueira

12/07/2015 at 18:38

Publicado em Canadá, Pale Ale

Tagged with

Glutenberg – Blonde (Gluten Free)

leave a comment »

Glutenberg - BlondePaís: Canadá.
Tipo: Pale Ale (American Blonde Ale).
Teor alcoólico: 4,5%
Cor: Amarelo claro, quase transparente.
Sabor: É extra leve, refrescante e com amargor sutil e diferenciado ao longo da degustação. O gosto é mais suave e diferente das outras Blonde Ale tradicionais, pois não se utiliza cevada. Como consta na descrição, lembra um pouco um chá suave. Apresenta notas de cereais, adocicadas, cítrica e picante ao fundo. Espuma curta e breve; com aroma de cereais, erva-doce e frutado.
Malte: Painço (milhete), milho e açúcar demerara.
Avaliação: 7
Preço: R$ 18,90
Volume: 473 ml

Descrição comercial:
Mais de um ano de pesquisa foi investido no desenvolvimento de nossa primeira cerveja. Nasceram Glutenberg Blonde e uma nova cervejaria, BSG (Brasseurs Sans Gluten). Os apreciadores de cerveja vão apreciar a sua complexidade. Embora simples na aparência, revela um elevado grau de refinamento. Seca e cítrica, a Glutenberg Blonde é uma cerveja fácil de beber e que tem uma classe própria.

Aroma: lúpulo floral, pimenta branca, peras e erva-doce. Sabor: pimenta branca, chá verde e casca de limão. Temperatura de consumo: 8 a 10 °C. IBU: 15.

A BSG (Brasseurs Sans Gluten) foi fundada com a colaboração entre amigos de longa data, Julien Niquet e David Cayer. Julien, um empreendedor nato, sempre quis ter sua própria empresa. Se não fosse por sua intolerância ao glúten, é improvável que a BSG teria sido lançada. David, por outro lado, nunca sonhou em ser um empreendedor, até que ele entrou em cena!

A ideia de produção de cerveja sem glúten foi discutida pela primeira vez no início do inverno de 2011. Graças ao apoio de amigos e parentes, eles foram capazes de levantar os fundos necessários para comprar o equipamento e recrutar o mestre cervejeiro certo, Gabriel Charbonneau, que viu seu anúncio no Facebook.

Endereço na internet: www.glutenberg.ca

Written by M. Nogueira

12/07/2015 at 17:01

Publicado em Canadá, Pale Ale

Tagged with

Moa – Imperial Stout

leave a comment »

Moa - Imperial StoutPaís: Nova Zelândia.
Tipo: Stout (Russian Imperial Stout).
Teor alcoólico: 10,2%
Cor: Preta.
Sabor: Extra potente, com amargor intenso e que permanece na boca ao longo da degustação. É bem lupulada. Apresenta notas destacadas de café, maltes torrados, madeira e algo sutilmente salgado e doce ao fundo, resultando numa cerveja complexa e robusta. Interessante que não se percebe o elevado teor alcoólico. O aroma segue a complexidade do sabor, remetendo a madeira, torrado, sal e caramelo; espuma de média formação, de cor bege, densa e duradoura.
Malte: Cevada, trigo e açúcar.
Avaliação: 8
Preço: R$ 22,50
Volume: 375 ml

Descrição comercial:
Uma cerveja artesanal envelhecida em barricas de carvalho francês que abrigaram vinho PinotNoir, deliciosamente rica, muito potente e extremamente lupulada, com mais de 100 IBUs. Apresenta um marcante sabor de café vindo da torrefação do malte combinado a um elegante toque de cedro defumado, com nuances doces e salgadas, marca registrada da Moa Imperial Stout. Uma cerveja perfeita para guarda, pois seus aromas e sabores ficam ainda mais agradáveis a medida em que envelhece adequadamente em condições de adega.

A Moa Brewing foi fundada em 2003 por Josh Scott, filho do renomado enólogo de Marlborough Allan Scott, com foco na fabricação de cervejas artesanais super premium. A cervejaria Moa está localizada entre os vinhedos da região vinícola mundialmente famosa de Marlborough, Nova Zelândia. O nome Moa deriva de uma extinta ave gigante que não voa que era original da Nova Zelândia.

Endereço na internet: http://www.moabeer.com

Written by M. Nogueira

10/07/2015 at 23:09

Publicado em Nova Zelândia, Porter/Stout

Tagged with

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 33 outros seguidores